Pesquisar este blog

Você não esta percebendo mensagens esta mudando você

Você já ficou chateado ao ler uma mensagem de texto? Ou não entendeu o “tom” da resposta de um amigo via SMS? Estudos mostram que a maioria das pessoas não intepreta mensagens de forma completamente fiel à intenção do remetente e que a nova forma de comunicação está mudando o comportamento humano. Sinais como um simples ponto final podem alterar todo o contexto do conteúdo.  Um estudo publicado no Computer in Human Behavior em 2016 afirmou que sentenças seguidas de ponto final são vistas como menos sinceras e até agressivas.

“Estou bem.” e “estou bem” são recebidas de formas diferentes por quem está lendo e a tendência, de acordo com a pesquisa, é que a primeira resposta seja interpretada exatamente pelo oposto do que ela diz, ou seja, que há algo errado. Pesquisadores pediram aos participantes para lerem algumas histórias escritas em forma de mensagem de texto e à mão. Surpreendentemente, o ponto final não alterou o entendimento e credibilidade das mesagens feitas à mão. A descoberta reforça os resultados de uma pesquisa feita em 2005, que sarcasmo e seriedade só são corretamente identificados em apenas 50% das mensagens recebidas por e-mail.

O uso da comunicação via mensagem de texto está mudando o funcionamento do cérebro das pessoas, segundo pesquisas. O ser humano passa constantemente pelo fenômeno de pareidolia, que é a identificação de uma figura conhecida e com significado em imagens abstratas, como enxergar objetos em nuvens e montanhas. O reconhecimento de faces e feições faz parte desse fenômeno, no entanto, no passado ele não acontecia com o uso de códigos e caracteres.  Uma pesquisa feita pela Flinders University, na Austrália, mostrou que o cérebro já reconhece a combinação dos sinais “:-)” como uma face


NOVA YORK - Enviar mensagens de texto pelo celular ao mesmo tempo em que se dirige já ultrapassou o uso de bebida associado à direção como principal causa de morte de adolescentes nos Estados Unidos, de acordo com um estudo do Centro Médico Infantil Cohen, em New Hyde Park.

Mais de três mil adolescentes morrem por ano por causa de acidentes provocados por distração durante o envio de mensagens de texto pelo celular diante do volante de veículos em movimento. Os mortos por acidentes provocados pelo uso de álcool  em acidentes automobilísticos são 2.700 por ano, segundo o estudo.

Apesar de uma campanha publicitária nacional e inúmeros alertas de autoridades e especialistas, o estudo revela novos números impressionantes: 50% dos estudantes americanos costumam enviar mensagens de texto via celular enquanto dirigem.

"A realidade é que os jovens não bebem diariamente, mas eles levam o tempo todo os seus celulares e querem continuar conectados com os amigos mesmo quando estão dirigindo, e por isso esta ocorrência tornou-se mais comum, embora seja tão perigosa quando beber e dirigir",  afirmou à rede de televisão CBS o médico  Andrew Adesman, chefe de Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento do Centro Médico Infantil Cohen.

Principal autor do estudo, Andrew Adesman disse que as leis que proíbem mensagens de texto ao volante não são eficazes. 57% dos jovens disseram que mandam mensagens enquanto dirigem em estados com leis que proíbem o comportamento, e 59% disseram que fazem o mesmo em estados que não adotam legislação sobre o tema.

"As pessoas estão escrevendo e dirigindo o tempo todo", disse Mike Xirinachs, um dos entrevistados pela emissora de TV. "Eu não sei o que deve ser feito, mas alguém precisa fazer alguma coisa"", disse.

"Todos os dias eu vejo isso", disse um motorista. "As pessoas dirigindo e dedilhando ao celular, ou falando ao telefone. Eles não deveriam fazer isso, mas fazem - crianças, adultos, todo mundo faz isso".

Pense bem : isso é para todos não é só para quem bebe.....

Matéria do Yahoo: ;

Nenhum comentário:

Postagens mais recentes

Zampaiso Variedades © Direitos autorais 2012 - 2016. Propriedade Zampaiso1 Politica de privacidade
.